Vocal trance é um subgénero da música trance. Contém Intro e grandes sessões melódicas semelhantes às do Hard Trance e do Progressive Trance. O subgenéro foi criado na década de 1990 quando o próprio género Trance se estava a desenvolver e os vocais a tornarem parte do mesmo.

Uma faixa tipíca de Vocal Trance começa com batidas progressivas, seguindo de partes melodicas com vocais que na sua maioria são femininos vão progressivamente desaparecendo até obtermos algo parecido com o Intro , registando apenas algumas diferenças. Para além desta constituição, mais tarde vários artistas optaram por não seguir esta ordem na construção da sua música.

O Vocal Trance utiliza a participação vocal de artistas independentes que já têm o seu próprio género defenido fazendo os “feautures” ou de artistas exclusivos e definidos para o género.

O Vocal Trance tornou-se marioritariamente popular na Europa, principalmente nos maiores países produtores do mesmo: Bélgica, Países Baixos, Suécia, Alemanha e Reino Unido.

As primeiras produções de Vocal Trance, assemelhavam-se mais ao Uplifting Trance, Progressive Trance e Progressive House, enquanto que as mais modernas apresentam caracteristicas mais comerciais e mais parecidas com o Pop.

A adição de vocais às musicas não só permitiu tornar as musicas cantáveis , mas as dotou de um significado mais profundo, levando o ouvinte a uma verdadeira viagem quando ouve as músicas.

Vocal Trance na Europa
Durante o período de 1997-2003 o género tornou-se popular em toda Europa e ganhou bastante airplay em vários canais musicais. Após 2004 , o surgimento do Electro e a ascensão do House fizeram com que o género viesse a perder a sua popularidade, airplay nas rádios e televisões e com que alguns artistas mudassem o seu estilo para uma onda mais Techno e Electro, gerando fortes críticas pelos fãs do genéro.

Vocal Trance Nos E.U.A
Os únicos artistas notáveis de Vocal Trance a obter algum sucesso na Billboard Hot 100 foram Cascada, Lasgo e Ian Van Dahl, tendo a primeira um Top 10 , os Segundos um Top 30 e os terceiros um top 90. De resto o sucesso apenas se contou na Billboard Hot Dance ( airplay e vendas ) e Billboard Eletronic Albums e nos tops de Pop. Aristas que antigiram boas posições na Billboard Hot Dance : Kate Ryan, Milk Inc., Fragma , Jessy e ATB.

Editado por R-Intro em Jun 25 2009, 16h02

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Você está vendo a versão 4. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.