Surf rock é um estilo de música que se originou na EUA que mistura elementos de surf music (letras e temática surf) e rock and roll (especificamente o rock instrumental), e é atribuido por parte ao número de imigrantes mexicanos no sul da California, acrescentando elementos de melodias espanholas, assim com títulos populares como “México “,” Baja “, e” Esperanza “. Os estilos foram influentes no rock ‘n’ roll, pop rock e surf music. Enquanto em 1960s, o surf music e rock ‘n’ roll eram estilos distintos, associada a danças concorrentes representando diferentes estilos e culturas juvenis concorrentes, o desenvolvimento do rock, desde então, tem por base dois estilos. Muitas críticos agora classificam todas as bandas de surf music como surf rock, por conseguinte, como um subgenero do rock.

Fica mais claro agora que surf music é a música caracterizada pela temática ligada à praia, surf, etc, somada ao ritmo rock ‘n’ roll e seu subgênero rockabilly, principalmente ao fortalecimento do rock instrumental acontecido em 1957 e 58. Portanto, o primeiro gênero musical da surf music é o surf rock que, se despontou um pouco depois do rock instrumental.

Foi em 1958, no fortalecimento do rock instrumental que os reverbs, potência da guitarra, distorção e power chord (díade) foram desenvolvidos, principalmente por Link Wray com sua gibson les paul 1953, considerado como o criador do power chord (díade), ou talvez o primeiro, e também o primeiro à tocar com distorção quando furava as caixas de som nas gravações de Rumble em 1958. O rock instrumental Raw Hide de Link Wray em 1959 é um começo muito significante da surf music. Duane Eddy, apesar de mais limpo que seu contemporaneo Link Wray, contribuiu para o desenvolvimento tecnológico da guitarra com seu instrumental rockabilly envenenado.

Uma dupla clássica do rock ‘n’ roll, os irmãos ítalo-americanos Santo & Johnny Farina, também ajudou no crescimento do rock instrumental em 1958 com seu primeiro compacto, a cássica Sleep Walk que, foi regravada por muitas bandas de rock instrumental e de surf rock. Santo com sua guitarra havaiana e Johnny com a guitarra elétrica. Estudaram no Hawaii nos anos de 1950 a guitarra havaiana, popularizando o instrumento e a música havaiana no rock em 1958.

A guitarra havaiana foi criada por volta de 1888, pelo adolecente Jonah Kekuku, um havaiano de O’ahu, estudando em Honolulu que, acha um cilindro de metal enferrujado no chão e passa a usá-lo pra tocar seu violão acústico. Ele o batizou de steel guitar. O slide (deslizante) usado na guitarra havaiana, na qual era feito de metal, provavelmente influenciou no desenvolvimento do blues, embora precisa-se de um estudo mais detalhado. Se tornou um instrumento clássico da música country.

Dick Dale, declarou em uma entrevista que ele realizou primeiro a surf music, ou seja, rock ‘n’ roll instrumental com temática surf entre 1955-1957 (ele alegou ter pouco conhecimento): dada a natureza da sua pré-gravação de “Let’s Go Trippin ‘” e sua inclinação (intencional ou não) de fazer incorrecto, ele declara a auto-influência, isso fica um tanto quanto indefinido. Duane Eddy na instrumental “Movin ‘n’ Groovin’” é referido por muitos como sendo o primeiro registro popular de surf rock, enquanto outros afirmam que o primeiro foi Dick Dale e, “Let’s Go trippin ‘”. Dale era um surfista e tentou transferir a emoção e adrenalina do esporte através da sua guitarra. Ele colocava frequentemente sua herança libanesa na música, incorporando tonalidades e instrumentos modal, como finger cymbals e palhetas. Muitos bandas surf que surgiram incorporaram influências Oriental & Espanhola /LatinaAmérica, assim como Dale fez bastante uso de reverb (eco). Sua rapidez em tocar double picking e staccato também foi muito influente e é uma parte importante do início do som “surf”, talvez mais ainda do que a reverberação, que só foi introduzido anos após Dale já tinha lançado seu primeiro single. Na Austrália, que sempre teve uma forte cultura praiana, o gênero foi fortemente abraçado na década de 1960, embora bandas australianas de surf rock bandas como The Atlantics tiveram mais influências da famosa da banda britânica de rock instrumental The Shadows. The Chantays gravaram o single “pipeline” e esse se tornou um hit nacional, embora grande parte da cena foi altamente localizada no sul da Califórnia. A única música mais famosa de surf “Wipe Out” de 1963, dos Surfaris, que atingiu a 2ª e 10ª posição na Billboard em 1965. O grupo tinha duas outros hits global “Surfer Joe” e “Point Panic”. O Surfaris são conhecidos pela vanguardista guitarra rítmica de Jim Fuller e a bateria de Ron Wilson emcanções. Durante meados dos anos 1990, A surf rock experimentou um tardio um revival tanto de bandas mais antigas surf e no surgimento de novas. A popularidade do filme Pulp Fiction, que incluiu surf music, aumento o renascimento do gênero no século 21.

Editado por marealta em Jul 13 2010, 22h29

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Você está vendo a versão 1. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.