Biografia

Com apenas 21 anos, Willy Moon já rodou meio mundo e foi descobrindo suas referências musicais nessas viagens. Nascido em Wellington (Nova Zelândia) foi para a Europa com 18 anos e por lá rodou até finalmente achar casa em Londres. Assim como o artista, sua música viaja muito. Com espírito livre e espontâneo, ele a define como “Uma espécie de Bo Diddley remixado pelo Swizz Beatz”. De fato, o som do cara pode ser considerado retrô, mas sem apelar para nenhum movimento de resgate a algum gênero. Pode parecer estranho, mas quando ouvir seu primeiro single, I Wanna Be Your Man, vai entender melhor.
É impossível classificar Willy em uma só tag ou estilo. O som que ele faz não é Rock, R&B, Hip Hop nem Funk, mas uma mistura de tudo isso marcada pela ideia do Punk de fazer músicas energéticas com menos de três minutos. “É como se o Rock & Roll tivesse sido congelado antes que os Beatles descobrissem o ácido, e fosse encontrado por um produtor de Hip Hop, 45 anos depois”, essa é mais uma definição que só Moon sabe dar a respeito de seu som.

Recentemente, o garoto caiu nas graças da Third Man Records e, por consequência, do chefão Jack White e já entrou para o catálogo da gravadora. Apesar de seguirem estilos bem diferentes, existe muito em comum entre os dois - a vibe anos 50 e pré-Rock é o mais perceptível. Os músicos dividem muitas referências, como as retiradas de discos empoeirados dos anos 20 e 30 e principalmente as do Rock norte-americano anterior aos anos 60. Ser atual e retrô ao mesmo tempo é algo que a dupla domina muito bem.

Com poucas músicas lançadas (cinco para se mais exato), Willy já pode ser considerado uma hype deste ano. Mesmo que não tenha dado as caras por sites ou revistas daqui, o garoto já apareceu em diversas publicações estrangeiras e foi eleito como uma das “Caras de 2012” pela Q Magazine, além de aparecer na BBC Radio 1 como o single Yeah Yeah. Ainda para 2012, Moon já promete um disco completo, esperamos que com Jack White atrás da mesa de som e na produção desse prodígio.

Saber fazer um bom single de estreia faz toda a diferença e Willy Moon aproveitou muito bem essa oportunidade única, gerando uma curiosidade muito grande em quem assiste ao vídeo. Os outros singles lançados não ficam atrás, o que só aumenta a expectativa de se ouvir um disco completo do garoto, ainda mais quando se tem Jack White envolvido.

Site: www.willymoon.com

Editado por drikastrokes em Ago 19 2012, 21h40

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Não existe informação sobre este artista

Você está vendo a versão 1. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.

Mais informações

De outras fontes.

Links
Gravadoras