Biografia

The Simpsons (Os Simpsons no Brasil; Os Simpson em Portugal) é uma série de desenhos animados para a televisão que retrata o dia-a-dia de uma família americana. Criado pelo cartunista Matt Groening, foi exibido pela primeira vez em 1987, primeiramente como tirinhas no programa “The Tracey Ullman Show”. Virou uma série em 1989, com um especial de Natal.

Através dos protagonistas Homer, Marge, Bart, Lisa e Maggie, o programa faz críticas ao comportamento humano, à sociedade e ao modo de vida americano. Numa nova temporada que será lançada ano que vêm, Maggie, a filha mais nova do casal Simpson vai passar a falar.

A série tem 441 episódios e 20 temporadas, o que a faz a mais antiga em exibição nos Estados Unidos, somente atrás de “Saturday Night Live”, cujo tem 630 episódios e 33 temporadas. Recebeu inúmeros prémios desde que iniciou emissões, tais como: 23 prêmios Emmy, 22 Annies e um Peabody. Em 2000, o programa ganhou uma estrela na Calçada da Fama, em Hollywood. Em 1998, a revista Time elegeu-a como a melhor série televisiva do século.[1]

A reação dos telespectadores foram positivas logo quando as Tirinhas dos Simpsons em “The Tracey Ullman Show” ainda estavam na Terceira Temporada. Assim “Os Simpsons” logo evoluiu para um programa, estreando como um especial de natal de meia hora, em 17 de dezembro de 1989, e depois como série regular em 14 de janeiro de 1990.

De enorme influência na cultura pop, serviu de inspiração para diversas outras séries animadas, além de citações em inúmeras obras de escritores, músicos e diretores de cinema e televisão. Em 2001, o grunhido “D’oh”, do personagem Homer Simpson, foi adicionado ao Oxford English Dictionary.[2]

Um grande número de produtos foi criado com base no programa, desde jogos eletrônicos até livros que discutem conceitos filosóficos a partir da conduta das personagens, como por exemplo o livro “Os Simpsons e a Filosofia”.

Um filme de longa metragem foi especialmente criado para celebrar os 20 anos da série, completados em 2007. O filme demorou quatro anos para ser concluído. Esse filme de longa metragem foi lançado dia 27 de julho de 2007, e consiste em tentar alertar os moradores de Springfield sobre a poluição existente no lago, e, claro, os conflitos da família Simpson.

Para a estreia do filme, a emissora FOX, sorteou em qual das várias cidades com nome de “Springfield” nos Estados Unidos ocorreria o evento. Além disso vários mercados mudaram o nome para “Kwik-E-Mart”, vendendo produtos da série como: Cerveja Duff, Buzz Cola, etc. O orçamento do “The Simpsons Movie” (pt:Os Simpsons - O Filme) não custou nada mais que US$ 65 milhões.
A série é focada nas aventuras de uma típica família suburbana do meio-oeste norte-americano. O pai, Homer Simpson, é inspetor de segurança da Usina Nuclear de Springfield (em Portugal, chamada de Central Nuclear de Springfield). Marge Simpson, sua esposa, é uma dona de casa estereotipada. O casal tem três filhos: Bart, um garoto rebelde de dez anos; Lisa, uma menina-prodígio de oito anos que adora tocar saxofone e Maggie, a caçula da família, uma bebê que não fala, mas que é considerada pelos fãs como o mais inteligente e misterioso personagem da série (que depois é revelado que toca saxofone melhor que Lisa).

Completam a família um cachorro chamado Ajudante do Papai Noel (em Portugal, Santa’s Little Helper), além de um gato chamado Bola de Neve (em Portugal, Snowball II). Os produtores decidiram que os personagens não envelheceriam ao longo da série, embora celebrações como festas religiosas e de fim de ano apareçam com frequência. Há ainda um grande número de personagens menores, desde parentes da família até coadjuvantes eventuais.
Cronologia dos personagens

Fatos marcantes dos personagens, embora a linha do tempo não seja fixa (ver Continuidade).
Ano Evento:
1955 No dia 10 de maio nasce Homer Jay Simpson, filho de Abraham Simpson e Mona Olsen.[3]
1957 Dois anos mais tarde, no dia 23 de outubro, nasce Marjorie Bouvier, filha de Clancy Bouvier e Jacqueline Bouvier
1974 Homer e Marge vão para a faculdade
1982 Homer e Marge casam-se; Homer consegue o emprego na usina/central nuclear e nasce Bartholomew Jojo Simpson.
1984 Os Simpsons mudam-se para o Evergreen Terrace; nasce Elizabeth Marie Simpson.
1989 Nasce Margaret Simpson; Homer e Marge fazem dez anos de casamento; Bola de Neve II no natal, torna-se o gato da família após a morte de Bola de Neve I; O Ajudante de Papai Noel torna-se o cão da família.
Cronologia dos personagens

Episódios

Postscript-viewer-blue.svgVer página anexa: Anexo:Lista de episódios de The Simpsons

A série conta atualmente com 20 temporadas. As doze primeiras temporadas já estão disponíveis em DVD.

A primeira temporada contou com apenas 13 episódios. Os desenhos foram ao ar nos Estados Unidos entre dezembro de 1989 e maio de 1990. Esta temporada é a única que não possui um especial de Dia das Bruxas.

A segunda temporada introduziu diversos novos personagens, como Troy McClure e o Dr. Hibbert. Os 22 episódios foram ao ar no horário nobre entre outubro de 1990 e julho de 1991. Diversos artistas emprestaram suas vozes para o desenho, dentre eles Dustin Hoffman, Danny DeVito, Ringo Starr, Larry King, James Earl Jones e Tony Bennett (que foi a primeira pessoa a aparecer no show como ele mesmo).

O episódio de abertura, A Prova Final de Bart, é o segundo mais visto do programa, com 33 milhões de telespectadores nos Estados Unidos (o primeiro é Quem Matou o Senhor Burns?). No dia 25 de outubro de 1990 foi exibido o primeiro especial de Dia das Bruxas, chamado de A Casa da Árvore dos Horrores, que inicialmente se chamava “No Dia das Bruxas”. Foi a primeira vez que a série ganhou um Emmy

A terceira temporada, exibida entre setembro de 1991 e maio de 1992, teve como convidados o músico Sting e a banda Aerosmith (a primeira banda a aparecer no desenho). Nela, um episódio-chave da série conta como Homer se casou com Marge e conseguiu o emprego na usina nuclear. Em outro episódio, Homer prepara uma bebida com base em xarope para crianças, o Moe Flamejante.

A quarta temporada teve 22 episódios e foi ao ar pela primeira vez entre setembro de 1992 e maio de 1993. Barry White, Elizabeth Taylor e Red Hot Chili Peppers figuram entre os convidados do show.
o Brasil

No Brasil, o primeiro episódio foi ao ar em abril de 1991. Os episódios são reprisados pela FOX, de segunda a quinta, das 18:00 às 19:00 e das 20:00 às 21:00(nas sextas são exibidos até as 22:00), e a estreia de novos episódios aos domingos, das 20:00 às 21:00.

O último episódio exibido pela Rede Globo foi Um Amor de Pai (Hello Gutter, Hello Fadder), da 11ª temporada, no dia 10 de abril de 2009. Com a estreia da nova TV Globinho, os episódios não são mais exibidos pela Rede Globo.
Vozes

Postscript-viewer-blue.svgVer página anexa: Anexo:Lista de dubladores de The Simpsons

O processo de dublagem, conhecido em Portugal como dobragem, é uma das características que fez da série um sucesso mundial. Há, por exemplo, quem considere a versão espanhola de The Simpsons tão boa que seria inclusive melhor que seu original em inglês, devido ao nível da dublagem espanhola que chegou a traduzir alguns nomes, como o de Homer, que se tornou Homero, além da versão espanhola não conter dubladores de vários personagens.[carece de fontes?]

Outro ingrediente que trouxe grande popularidade ao desenho nesse aspecto é o fato de um grande número de personalidades, especialmente músicos e astros do cinema, terem contribuído com suas vozes.
EUA

A dublagem original põe alguns atores em diversos papéis. Dan Castellaneta faz Homer, seu pai Abraham Simpson, e o palhaço Krusty, dentre outros; Julie Kavner dubla Marge e suas irmãs Patty e Selma Bouvier; Nancy Cartwright dubla Bart e várias outras crianças; e Yeardley Smith é a única com apenas um grande papel, Lisa. Os outros dubladores principais são Hank Azaria que dubla personagens recorrentes como Apu, Moe e Chefe Wiggum; e Harry Shearer, que dubla Seymour Skinner, Ned Flanders, Sr. Burns e Smithers, dentre outros.
[editar] Brasil

No Brasil, ao contrário do original, cada personagem é dublado por um dublador diferente (com exceções, como vovô Simpson sendo sempre dublado pelo dublador de Homer). Com as diversas trocas de estúdio (Herbert Richers, VTI, Audio Corp, Audio News) e direção (Waldyr Sant’anna, Júlio César, Mário Jorge, Marco Ribeiro, Guilherme Briggs) alguns personagens chegaram a ter cinco ou mais vozes diferentes, o que causa muita polêmica quanto ao cuidado e criteriosidade com que é feita a dublagem da série.

Homer foi dublado por Waldyr Sant’anna por 7 temporadas, até abandonar a VTI e ser substituído por Júlio César Barreiros, que tentou fazer um trabalho fiel ao predecessor. Na décima quinta temporada, Mário Jorge trouxe Sant’anna de volta, e este continuou como o personagem até 2007, quando a FOX resolveu substituí-lo devido a um processo aberto por Sant’anna pelo uso da dublagem em DVD (o contrato só daria direito de uso em TV aberta). Barreiros fez um teste para voltar ao papel, mas Carlos Alberto fora escolhido e dubla Homer desde a décima-oitava temporada.[8]

Marge foi dublada por Selma Lopes até a sétima temporada, mas depois voltou à voz original após o falecimento de Nelly Amaral, em setembro de 2002. Entre Selma Lopes e Nelly Amaral estava Mariangela Cantú que dublou Marge na oitava temporada. Bart foi dublado por Peterson Adriano até a sétima temporada, sendo substituído por Rodrigo Antas. Lisa foi dublada por Nair Amorim da primeira até a sétima temporada, sendo substituída por Priscila Amorim entre os anos 8 e 14, e atualmente é dublada por Flávia Saddy, que começou seu trabalho na décima quarta temporada.
[editar] Portugal

Em Portugal, toda a série televisiva é transmitida nas vozes originais, sendo transmitida legendada há muitos anos no canal RTP 2 e também na FOX Portugal.
Continuidade

Diferentes informações sobre o universo de The Simpsons são lançadas a cada episódio, o que dificulta a tarefa de elaborar biografias consistentes. Para se ter uma idéia da quantidade de controvérsias geradas a partir de problemas com continuidade, de acordo com o livro “Simpsons Fun Calendar”, publicado em 1993 por Matt Groening, Maggie teria nascido em 19 de agosto de 1985 e Bart em 17 de dezembro de 1979. Já no livro UFA, Groening afirma que Bart nasceu em 1 de abril de 1980. Mas, no episódio “My Sister, My Sitter”, Bart diz que é dois anos e trinta e oito dias mais velho que Lisa, o que faria com que seu nascimento tivesse ocorrido em 25 de junho de 1982.

Há ainda muitas outras controvérsias geradas pela continuidade. Tome por exemplo o endereço da residência dos Simpsons em Springfield, que mudou de 94, 59, 1094, 723 e 742 Evergreen Terrace, o mais provável por ter sido citado por Matt Groening numa entrevista à apresentadora de televisão Oprah Winfrey. O endereço em Evergreen Terrace (Terraço Sempre-Verde) é uma homenagem à rua em que Matt Groening viveu quando criança.

Como último exemplo de problemas de continuidade, cabe mencionar os números de telefone da família Simpson. Antes do episódio “Simpson e Dalila”, o número de casa era 555-6528, depois dele, passou a ser 555-7334. O mesmo vale para o telefone do trabalho de Homer. Antes do episódio era 555-6832 e depois virou 555-6754.

Já na terceira temporada, o número de casa é 555-8707. No episódio “Homer escavadeira, um homem da neve”, os telefones do comercial de TV de Homer mudam novamente. O de sua casa é 555-3223 e o do trabalho é 555-3226 Por fim, no desenho “The Canine Mutiny”, Bart assina uma proposta de cartão de crédito com o telefone 555-3126.

Apesar desses indícios, pode se pensar na possibilidade que ocorreu no episódio em que os Simpsons vem para o Brasil (Feitiço de Lisa). Neste episódio mostra que a operadora de Springfield muda constantemente de sistema, além de demonstrar que Homer fica sem pagar sua conta de telefone.

Como os produtores da série deixaram de se ocupar com aspectos de continuidade a partir da quinta temporada, especialistas que participam em listas de discussão e sites afins pela web fizeram o mesmo.
Merchandising

Muitos produtos ligados à franquia The Simpsons foram lançados, com a família estampando de camisetas a pôsteres. Os parques Universal Studios Orlando e Universal Studios Hollywood lançaram uma atração baseada no show em 2008.[9] A família Simpson inspirou versões de jogos de tabuleiro como Banco Imobiliário, Detetive, Scrabble, e Jogo da Vida,[10] assim como uma série de cartões da Wizards of the Coast.
Publicações

Existem dois tipos de material em papel em torno da série. Há livros, revistas, pôsteres, revistas em quadrinhos, calendários e afins com histórias dos personagens. Geralmente eles são publicados pelos criadores ou detentores dos direitos autorais da marca. Fazem parte deste universo livros como “The Simpsons: A Complete Guide to Our Favorite Family”, lançado nos Estados Unidos em novembro de 1997, “Simpsons Postkartenbuch: Beste Grüße von den Simpsons”, lançado na Alemanha em junho de 2007 e “I Simpson: La Guida Completa Alla Nostra Famiglia Preferita”, lançado em 1999 na Itália.

Há ainda os livros que discutem temas como psicologia, filosofia, política, religião, relações sociais e o mundo contemporâneo a partir dos desenhos de Matt Groening. São exemplos dessa lista livros como “The World According to the Simpsons - What Our Favorite TV Family Says About Life, Love, And the Pursuit of the Perfect Donut”, de Steven Keslowitz, lançado nos Estados Unidos em abril de 2006, “Machiavelli Meets Mayor Quimby - Political Commentary in the First Season of The Simpsons”, de Natham Thoms, lançado nos nos Estados Unidos em janeiro de 2005 e “Planet Simpson - How a Cartoon Masterpiece Defined a Generation”, de Chris Turner, lançado nos Estados Unidos em novembro de 2004.

No Brasil: Em 2006 foi lançado o livro De Olho em Springfield - do autor Johan L. Lagger pela editora Panda Books. O Livro possui 196 páginas com curiosidades sobre a série, além de um guia completo de episódios até a temporada 17. Foi o primeiro livro lançado por um fã brasileiro da série.
DVD

Vários episódios da série foram lançados em VHS e DVD. Começando em 2001, temporadas completas também foram lançadas em DVD, a mais recente sendo a décima segunda.
Videogames

Produtoras de jogos eletrônicos adaptaram Springfield diversas vezes, a primeira sendo um fliperama lançado pela Konami em 1991. Mais de 20 jogos já foram lançados, com os mais recentes sendo paródias de jogos atuais: The Simpsons Wrestling parodia jogos de luta da WWE, The Simpsons Road Rage parodia Crazy Taxi, The Simpsons Skateboarding parodia Tony Hawk’s Pro Skater e The Simpsons Hit & Run parodia a série Grand Theft Auto. O mais novo, The Simpsons Game, lançado em 2007, parodia jogos como Katamary Damacy, Shadow of the Colossus e Everquest. Duas máquinas de pinball dos Simpsons também foram lançadas.
Simulador na Flórida

Os Simpsons receberam mais uma fonte de renda e propaganda no dia 15 de Maio de 2008, mesmo sendo da Fox, a Universal lançou na Flórida um Brinquedo (simulador) dos Simpsons em seu parque temático (universal studios).
Ao longo de 20 anos,[12] o seriado conquistou um grande número de premiações e indicações, tanto nos EUA como em outros países. Os troféus não se limitam ao título de “melhor série animada”, mas também incluem melhor direção, música, animação e muitos outros.

Abaixo uma lista resumida das principais premiações vencidas pelo seriado.[carece de fontes?]
Prêmio ↓ Vitórias ↓ Indicações ↓
American Comedy 1 1
Annie 26 32
ASCAP 6 6
BAFTA 0 1
Blimp 1 10
BMI Film & TV 3 3
British Comedy 2 3
DVD Exclusive 0 4
E Pluribus Unum 1 1
EMA 3 3
Emmy 24 58
GLAAD 1 1
Golden Eagle 1 1
Golden Globe 1 2
Golden Reel 1 5
Golden Satellite 0 2
National Music 1 1
Ottawa Ani. Fest. 1 1
Peabody 1 1
Saturn 1 8
Teen Choice 0 6
TCA 2 2
TP de Oro 4 4
WAC 3 3
WGA 3 16
Young Artist 1 3
Total 82 166
] Polêmica no Brasil

Em 2002, a série satirizou o Brasil no episódio 15 da 13ª Temporada Blame It on Lisa (Feitiço de Lisa). O episódio mostra o Rio de Janeiro com macacos e ratos nas ruas e com uma população sexualmente agressiva. No episódio, Homer é seqüestrado por um taxista, Bart é atacado por pivetes, e os programas infantis tem apresentadoras provocantes. A Embratur protestou e ameaçou processar os produtores da série.[13] A atitude do governo brasileiro foi alvo de chacota em diversas reportagens na imprensa internacional.

Antes mesmo do episódio ir ao ar no Brasil, o secretário de turismo do Rio de Janeiro protestou a respeito da forma como a cidade foi retratada. Em nota pública, o produtor-chefe da série, James L. Brooks, desculpou-se e disse que caso fosse preciso Homer gostaria de convidar o então presidente brasileiro Fernando Henrique Cardoso para uma luta no show Celebrity Boxing. De fato, Mauricio Ricardo, do site Charges.com.br fez uma charge animada com Homer e Bart encontrando Fernando Henrique, e após Homer e Bart sugerirem mostrar o Brasil como é, o presidente desiste.

Apesar de uma possível ação legal movida pela Secretaria de Turismo ter sido revogada, os roteiristas ainda fizeram mais piadas do Brasil depois. Em um episódio, Homer diz que gostaria de voltar ao país mas soube que “o problema dos macacos ficou pior”.[14] e o palhaço Krusty diz em outro episódio que oficiais de imigração estão constantemente sondando-o porque seu ajudante, o macaco Mr. Teeny, veio do Brasil, e “seu tio era o macaco-chefe da Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro”.[15] Em “A Esposa Aquática”, da 18a temporada, Lisa diz que Barnacle Bay é o lugar mais nojento em que já estiveram. Bart pergunta do Brasil, e ela responde “depois do Brasil”. A citação fora cortada na dublagem.
Polêmica na Argentina

No episódio 10 da 19ª temporada E. Pluribus Wiggum (De Muitos, Wiggum), que foi ao ar nos Estados Unidos em 6 de janeiro de 2008, durante uma conversa no bar do Moe, Carl e Lenny dizem que estão cansados da democracia:

Carl.: “Gostaria que tivéssemos uma ditadura como a de Juan Perón. Quando ele sumia com você… era pra sempre!”

Lenny: “E além disso sua esposa era a Madonna!”

O governo argentino decidiu censurar o episódio alegando que os desaparecimentos políticos não são tema para piadas.
Locais
Cidades

* Springfield é a cidade fictícia habitada pelos personagens do desenho animado. Como há 36 estados norte-americanos que abrigam cidades com o mesmo nome e os produtores apresentam dezenas de evidências contraditórias ao longo da série, é impossível definir onde ela realmente fique situada.

Fundada em 1796 pelo inglês Jebediah Springfield, que queria achar uma passagem para Maryland, é uma pequena cidade portuária, mas com inúmeras atrações. Springfield possui uma usina nuclear, uma igreja protestante, duas escolas primárias, a Universidade de Springfield, alguns museus, um pequeno estádio de beisebol, um aeroporto, um cassino e uma pista de boliche.

Sua geografia inclui montanhas, ravinas, sequóias gigantes, um deserto, uma floresta, lagos, rios, e um vulcão. A maioria dos dias é ensolarado com céu azul, mas Springfield sofre com severas ondas de calor, muita chuva e neve pesada.

O prefeito de Springfield é o democrata Joe Quimby, político corrupto que chegou a usar o dinheiro público para pagar os assassinos de seus inimigos. A cidade permite jogo em cassinos, casamento entre pessoas do mesmo sexo e pesca com explosivos.

A população estimada é de 45 mil habitantes. Springfield abriga diferentes raças, culturas e credos. Vivem na cidade descendentes de europeus, africanos, latinos, indianos e orientais. A cidade mais próxima de Springfield é Shelbyville. Ambas mantém grande rivalidade.

A economia gira em torno da usina nuclear, a maior empregadora da cidade. A cervejaria Duff também abriga muitos trabalhadores, apesar do concorrente Fudd disputar o mercado. Um milhão de caixas de fogos de artifício são montados por fábricas de Springfield.

* Shelbyville - Cidade vizinha a Springfield, ambas sempre foram inimigas desde suas fundações em 1796. Possui muitas inversões com relação à primeira: cerveja Fudd, Usina/Central Geotérmica de Shelbyville, time dos Shelbyville Shelbyvillians e assim por diante.
* Ogdenville - A Escola Primária de Ogdenville leva o prêmio de melhor banda musical em um dos episódios, o que causa em Lisa indignação e revolta, pois eles haviam trapaceado usando Neons, o que segundo ela, não era permitido. A cidade já foi nocauteada e enganada por Lyle Lanley, que apresentou-lhes um monotrilho que arruinara toda a cidade.
* Guidópolis - Cidade em que homer vai comprar leite em um dos episódios (O Homer Guincho) e consegue o emprego de motorista de guincho, também fica preso por não cumprir as regras impostas por Lou, o homem que lhe deu o emprego.

Estabelecimentos

* Canhotório - loja para canhotos onde Ned Flanders trabalha. O Canhotório é uma das raras lojas de Springfield que nunca foi assaltada. Homer já acabou com o Canhotório mas ajudou Ned a se recuperar indicando a loja para vários canhotos como o Sr. Burns, Moe, etc. Ned até que poderia ganhar mais dinheiro com o Canhotório, mas às vezes deixa as pessoas levarem produtos de graça, ou carimbar o tíquete do estacionamento, por pena.
* Discoteca do Stu - discoteca à moda dos anos 1970.
* Surly Joe Foundation Repair - empresa especializada em reparos de fundações de casas.
* King Toot’s Music Store - loja de instrumentos musicais ao lado da Taverna do Moe.
* Taverna do Moe (Moe’s) - local preferido dos amigos Carl Carlson, Lenny Leonard, Homer Simpson e Barney Gumble para beber uma cervejinha.
* Taverna do Joe - versão Shelbyville da Taverna do Moe, aqui se bebe cerveja Fudd em lugar da cerveja Duff.
* Mercado Kwik E’ Mart - localizado no coração de Springfield. Administrado por Apu Nahasapeemapetilon.
* Mercado Speed-E-Mart - versão Shelbyville do Kwik E’ Mart, no coração da mesma cidade. Administrado por um vietnamita oposto à religião hindu.
* Barney’s Bowl-a-Rama - o clube de boliche da cidade, pertence a Barney Gumble e seu tio Al (Alfred Gumble).
* Maison Derriere - “casa de má fama” adminsitrada por Belle.
* Lard Lad Donuts - loja de rosquinhas onde Homer e o chefe Wiggum costumam parar para fazer uma boquinha após (ou durante) o expediente.
* Krusty Burger - cadeia de restaurantes fast food amplamente espalhada por Springfield e suas redondezas. Obviamente é de propriedade do palhaço Krusty (e seus acionistas). Geralmente utiliza-se de carne de qualidade duvidosa na preparação de seus lanches, os quais Homer e Bart adoram.
* Castelo dos Aposentados - o asilo para idosos de Springfield. Aqui normalmente vivem Abe Simpson, seus colegas de guerra e os residentes mais velhos da cidade (quase todo dia sem fazer absolutamente nada).
* Terra do Comichão E Coçadinha - Parque de diversões temático do Comichão e Coçadinha, e onde a família Simpson passou as férias num episódio da série.
* Try-N-Save - Loja de departamento.
* Reformatório Juvenil de Springfield - prisão de adolescentes infratores.
* Clube de Armas de Springfield - lugar onde se pratica tiros.
* Boys R Us - paródia de uma loja de brinquedos que em Os Simpsons, vende garotos robôs.
* “Não Acredito Que Seja Uma Empresa De Advogados” - empresa de advogados de Lionel Hutz
* Masmorra do Andróide - Loja de quadrinhos do Jeff Albertson (ou o Cara dos Quadrinhos).

Escolas

* Escola Elementar de Springfield - escola onde estudam todas as crianças e adolescentes de Springfield.
* Escola Elementar (BR)/Primária (PT) de Shelbyville - escola aonde estudam todas as crianças e adolescentes de Shelbyville. Nela há uma versão feminina de Ajudante Willie no cargo da jardinagem.
* Departamento de Trânsito (BR)/Direcção Geral de Viação (PT) de Springfield - escola do trânsito de Springfield, onde se tira a carteira de motorista e cursos de reciclagem onde trabalham as irmãs de Marge, Patty e Selma (direção defensiva).
* Escola Elementar de Springfield d’Oeste - Escola construida com as mesma planta da Escola Elementar de Springfield onde a Lisa vai parar depois de pegar uma carona para escola com o Krusty no episódio “A Trilogia do Erro”.
* Obs.: Todas as escolas de Springfield tem a mesma planta.

Usinas/Centrais Poli-Energéticas

* Usina Nuclear de Springfield - a usina/central nuclear de Springfield, pertence ao ambicioso C.M. Burns. Homer, Lenny e Carl trabalham lá. Homer é o inspetor de segurança, o que geralmente produz os mais variados desastres envolvendo energia nuclear. A usina normalmente se livra do lixo radioativo despejando-o de forma ilícita em áreas de preservação ambiental ao redor da cidade.
* Shelbyville Geothermal Power Plant - a usina/central geotérmica de Shelbyville, pertence a Aristotle Amadopolis, que em oposição a C.M. Burns, é mão-aberta, amigável e boa gente.

Hospitais

* Hospital Geral de Springfield.
* Hospital Memorial Marvin Monroe.
* Central Médica Geriátrica de Springfield.
* Hospital Psiquiatrico Calmwood.

[editar] Times esportivos

* Isótopos de Springfield e Shelbyville Shelbyvillians - são os times de baseball das respectivas cidades. Ambos são time de liga inferior.
* Springfield Atoms e Shelbyville Sharks - são as equipes de futebol americano das respectivas cidades.

Filme

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: The Simpsons Movie

Os produtores da série cogitaram um longa-metragem da série por muito tempo, com a trama do episódio “Acampamento Krusty” da 4a temporada inicialmente cogitada para um filme.[16] Em 2007, a 20th Century Fox lançou The Simpsons Movie, dirigido pelo produtor David Silverman e escrito por 13 dos roteiristas da série. A história segue Homer criando uma cátastrofe ecológica que leva o governo americano a isolar Springfield do resto dos Estados Unidos. O filme faturou mais de 500 milhões de dólares pelo mundo.[17]
Celebridades

* Aerosmith (A primeira banda a aparecer no desenho)
* Tom Hanks
* Tony Hawk
* U2
* Rolling Stones
* Paris Hilton
* Green Day
* Amy Winehouse
* Bret Hart
* Ronaldo Fenômeno
* David Beckham
* Ramones
* Red Hot Chili Peppers
* 50 Cent
* Yao Ming
* Metallica
* Stephen Hawking
* Paul McCartney
* Bill Gates
* J. K. Rowling
* Jack La Lame
* Kim Basinger
* Alec Baldwin
* David Duchovny e Gillian Anderson (Os agentes Mulder e Scully, da série Arquivo X)
* Blink 182
* Britney Spears
* Andre Agassi
* Dolly Parton
* Pete Sampras
* Venus Williams
* Serena Williams
* R.E.M
* Smashing Pumpkins
* Eric Clapton
* Sonic Youth
* Jim Morrison
* Spinal Tap
* Cypress Hill
* Ringo Starr
* Sting
* Woody Allen
* Elizabeth Taylor
* Kiefer Sutherland (O Jack Bauer da série 24 Horas)
* The Who
* The White Stripes
* Alan Moore
* Stan Lee
* Jim Belushi
* Mel Gibson
* N’sync
* Michael Jackson
* Kid Rock
* The Who
* Elton John
* Prince
* Kate Winslet
* James Woods
* George Clooney
* Neil Armstrong
* Dixie Chicks
* Ricardo Berola
* Ron Howard
* Uma referência músical ao Fall Out Boy[18]
* Pelé
* Gary Coleman
* Leonard Nimoy
* ‘N Sync

Editado por [usuário excluído] em Nov 12 2009, 20h39

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Não existe informação sobre este artista

Você está vendo a versão 1. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.