Biografia

Solomon Burke (ou mundialmente denominado The King of Rock ‘N Soul ou Big Soul) (Filadélfia, 21 de março de 1940 - Amsterdam, 10 de outubro, de 2010) é um cantor e compositor de música soul, gospel e rock americano, responsável pela introdução de ritmo gospel nas músicas de soul e rock & roll.
De pregador a figura lendária da soul, do rock e da country, o cantor e compositor norte-americano Solomon Burke já foi considerado «O Bispo da Soul» ou «O Rei do Soul Rock». Com justiça!


Nascido em Filadélfia, Estados Unidos, em 1940, Solomon Burke é um lendário cantor e compositor de música soul e… não só. Entre a religião - Burke foi pregador e o mestre de cerimónias de um programa de rádio gospel - e a música secular, o seu enorme coração balança. Autor de temas como «Down In The Valley» (cuja versão mais conhecida se encontra na voz de Otis Redding), «Cry To Me» (que ficará para sempre associada ao filme «Dirty Dancing») ou «Everybody Needs Somebody To Love» (que os Rolling Stones tornaram mundialmente famosa), Solomon Burke teve um início de carreira fulgurante na Atlantic Records - com inúmeros singles no top durante os anos 60 - mas que nas décadas seguintes passou injustamente ao lado dos grande palcos, embora tenha sido sempre acompanhada e acarinhada pelos seus pares. E, já neste século, Burke tem finalmente o reconhecimento que merece: o seu nome foi incluído no Rock and Roll Hall of Fame em 2001; o seu álbum «Don’t Give Up On Me» (2002) inclui canções especificamente compostas para ele por gente como Tom Waits, Bob Dylan, Brian Wilson, Elvis Costello ou Van Morrison; a sua parceria com os Blind Boys of Alabama, «I Pray On Christmas», ganhou um Grammy; o seu álbum «Nashville» (2006) - dedicado a uma das suas grandes paixões musicais, a country - conta com a colaboração de Dolly Parton, Emmylou Harris e Gillian Welch; e o seu novo álbum «Like a Fire» conta com temas escritos para ele por outras luminárias como Eric Clapton, Ben Harper e Keb’Mo’.

Espectáculo: Solomon Burke é uma figura imensa, dono de uma voz poderosíssima e carismática. Sem ironia, pode dizer-se que enche o palco com a sua voz, a sua música, a sua banda. Uma banda que, à imagem do mestre, se sente tanto à vontade na soul como na country como no gospel ou nos rhythm’n’blues. São as raízes da música norte-americana, sejam elas negras ou brancas, transpostas para a actualidade por um cantor que se sente à vontade em todas elas desde há dezenas de anos. Um momento único.

Editado por rockettking em Out 10 2010, 9h09

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Não existe informação sobre este artista

Você está vendo a versão 2. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.