Biografia

Royce do Cavaco, nascido Royce Todoverto (São Paulo, 8 de outubro de 1961) é cavaquinista, cantor e compositor brasileiro, considerado um dos maiores intérpretes de sambas-enredo. Atualmente ocupa o posto de intérprete oficial da Nenê de Vila Matilde, porém já teve passagens pela Águia de Ouro, Rosas de Ouro, X-9 Paulistana e Tom Maior.


Carreira carnavalesca

Intensamente ligada ao carnaval paulistano, sua carreira começou ainda jovem, quando já tocava cavaco na Rosas de Ouro. No entanto, passou a ter destaque um pouco mais tarde, quando venceu sua primeira composição de samba-enredo na Águia de Ouro em 1982, sendo também o intérprete da agremiação naquele mesmo ano. Em 1983 tornou-se intérprete oficial da Rosas, onde permaneceu até 1994, ano do último campeonato da escola. Depois foi para a X-9 Paulistana, e lá foi campeão duas vezes (1997 e 2000).

Como compositor, Royce foi autor de muitos sambas-enredo, sendo cinco deles para a Águia de Ouro, entre 1982 e 1986, período em que esteve na agremiação da Vila Pompéia (esteve por lá também em 1993 como intérprete) e também na Rosas e em outras agremiações, como a Juventude Alegre, de Piraju, onde teve um samba-enredo de sua autoria no carnaval este ano (o último samba-enredo vencedor do músico no carnaval paulistano foi o de 2003, na X-9). Também já compôs alguns sucessos não-carnavalescos, entre eles Dádiva de Deus, Ter e Não Ter e Receio, ao lado do amigo e também compositor Sidão.

Escolas ano a ano

* 1982-1986 - Águia de Ouro (Grupo 2)

* 1983-1994 - Rosas de Ouro

* 1993 - Águia de Ouro (Grupo 2)

* 1995-2005 - X-9 Paulistana

* 2006 - Tom Maior

* Desde 2007 - Nenê de Vila Matilde

Carreira fora do carnaval

Porém, foi fazendo carreira solo que conseguiu projetar sua imagem em todo o Brasil. Royce gravou seu primeiro disco no ano de 1988. Seu maior sucesso até hoje foi a música Frente a Frente, que ficou seis meses nas primeiras colocações das rádios.

Paralelamente à função de intérprete, em 2006 gravou mais um disco, o nono de sua carreira, cuja música de trabalho é o sucesso Não é Hora Prá Chorar. Isso tudo, é claro, acompanhado do instrumento que leva em seu nome.



Discografia

1988 – Nova Manhã

1990 – Coração Feito Menino

1992 – A Saudade Dói

1994 – Ter e Não Ter

1995 – Frente a Frente

1996 – Meu Coração é Teu

1997 – Atração Fatal

2001 – O Som Brasileiro

2006 – Da Magia da Avenida aos Palcos da Vida

Editado por carolzetas em Out 1 2009, 3h27

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Não existe informação sobre este artista

Você está vendo a versão 3. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.

Mais informações

De outras fontes.

Links