Nascido em 25 de abril de 1970, o Padre Reginaldo Manzotti é natural de Paraíso do Norte, noroeste do estado do Paraná. Filho de Antônio Manzotti e Percília Maria Manzotti, ele é o caçula dos seis filho de uma tradicional família de descendentes italianos.

Até a sexta série primária, estudou em sua cidade natal e aos 11 anos ingressou no Seminário dos Freis Carmelitas, na cidade de Graciosa, no Paraná. O segundo grau cursou no Seminário São João da Cruz, em Paranavaí.

Já em Curitiba, graduou-se em Filosofia e Teologia: cursou Filosofia no Instituto Vicentino de Filosofia (reconhecendo este curso posteriormente pela Universidade de São Paulo) e concluiu seu bacharelado em Teologia pelo Studium Theologicum (reconhecendo este curso pela Universidade Lateranense de Roma).

Logo em seguida, partiu para uma experiência de 1 ano no município de Camocim de São Félix, no estado de Pernambuco. E, aos 25 anos de idade, foi ordenado Sacerdote em sua cidade natal, Paraíso do Norte, pelas mãos de Dom Alberto Först, Bispo de Dourados, Mato Grosso do Sul. Era 14 de janeiro de 1995.

“Onde quer que eu esteja, eu levarei o seu nome e proclamarei em todos os lugares o seu Santo Escapulário” - as palavras são do próprio Padre Reginaldo, que consagrou o seu sacerdócio a Nossa Senhora do Carmo.

Sacerdócio:
Seu primeiro ano de Sacerdócio foi exercido na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, na Vila Fanny, em Curitiba. Após este período, foi transferido para a Paróquia São Sebastião, em Paranavaí, onde permaneceu por três anos como prior, diretor e professor do Colégio Nossa Senhora do Carmo.

No dia 02 de janeiro de 2000, após um processo com a Arquidiocese de Curitiba e Dom Pedro Fedalto, o Padre assumiu num período ad experimentum como pároco na Paróquia São José Operário, na Vila Maria Antonieta, em Pinhais, Paraná. Ali desenvolveu um trabalho de revitalização da Paróquia e renovação das estruturas, tanto na Matriz, quanto nas 14 comunidades, incluindo algumas do município vizinho, Piraquara.

Em 24 de setembro de 2003, o Padre Reginaldo Manzotti foi nomeado por Dom Pedro Fedalto para assumir o cargo de Vigário Episcopal da Arquidiocese de Curitiba. Desse modo, tornou-se responsável por 55 paróquias, tendo como funções celebrar Crismas, coordenar e presidir reuniões de paróquias, além de encaminhar e solucionar conflitos administrativos e pastorais referentes a esta área da Arquidiocese.

Em janeiro de 2005, o Padre chegou aos seus 10 anos de Ordenação Sacerdotal. E, no mês seguinte - após 5 anos de convivência e serviço junto à comunidade de Pinhais - Dom Moacyr José Vitti, Arcebispo Metropolitano, procedeu à solene nomeação do Padre Reginaldo Manzotti como o novo Pároco da região do Guabirotuba, em Curitiba. Nessa celebração na Paróquia Imaculada Conceição não estavam presentes na assembléia apenas os novos paroquianos do Guabirotuba, senão muitos fiéis da Paróquia Maria Antonieta de Pinhais, que queriam também acompanhar este novo ciclo de serviço pastoral que acabara de começar para o Padre Reginaldo. Era 5 de fevereiro de 2005.

Editado por isa-sby em Jul 13 2009, 16h52

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Não existe informação sobre este artista

Você está vendo a versão 1. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.