Biografia

Este conjunto techno britânico fez muito para mostrar as possibilidades da improvisação na música electrónica. Ao contrário de outros grupos techno os seus directos não dependem de gravações digitais ou de cassetes de acompanhamento. Também usam samples mais variadas do que é comum, incluindo fontes tão diversas como os Buttholes Surfers em Satan ou os Doors em Choice.

Formado pelos irmãos Paul Hartnoll (nascido a 19 de Maio de 1968, Dartford, Kent, Inglaterra) e Phillip Hartnoll (nascido a 9 de Janeiro de 1964, Dartford, Kent, Inglaterra), o nome Orbital foi-lhe sugerido pelo seu amigo Chris Daly do Tuffy Club. Com tantas festas rave “M25” próximas das suas casas em Dunton Green, decidiram chamar-se assim pela auto via “orbital” de Londres, que rodeia a capital e chegou a ser conhecida como a “rotunda mágica” entre os aficionados das raves dessa época. Antes de começarem a vida activa do grupo em 1987, Paul tinha tocado com um conjunto chamado Noddy and The Sattelites além de ter trabalhado em vários campos, enquanto o seu irmão tinha sido pedreiro e empregado.

Fizeram a sua estréia ao vivo no Verão de 1989 em Grasshopper, Westerham, Kent, juntando-se à discográfica ffrr Records pouco depois. Inauguraram a sua colaboração com a discográfica com o single Chime, que chegou ao top 20 britânico em Março de 1990 (embora o tema já tivesse sido editado em dezembro de 1989 numa edição limitada com a discográfica OH Zone), servindo de exemplo a uma sequência de títulos sensacionais de uma só palavra (Omen, Satan, Mutations, Radicio).

Os seus trabalhos de remistura incluíam trabalhos em edições de outros artistas tão diversos como Shamen, Queen Latifah, Meat Beat Manifesto e EMF. Os seus dois primeiros álbuns, ambos sem nome, foram depois conhecidos como o Green Album e o Browm Album.

Ambos mostravam a sua habilidade para manter uma dinâmica musical ao longo de um álbum de longa duração, uma habilidade rara dentro do seu campo, que fez com que fossem comparados a artistas da classe dos Underworld e Orb.

Em 1994, foram um dos grupos no cartaz do festival de Glastonbury e contribuíram para a banda sonora Shopping. A sua aparição em Glastonbury foi um êxito significativo, que mostrou aos cépticos que a música dance podia ser desfrutada ao vivo. Uma imagem digna de recordação: os Hartnoll, rodeados de obscuridade, com apenas um par de luzes nas têmporas , como se fossem faróis de um carro a aparecer na sombra. Também editaram Snivilisation, um álbum maioritariamente instrumental e político, que teve sucesso tanto a nível musical como temático e colocou-se no top 5 britânico. Enquanto isso, o seu trabalho ao vivo serviu-lhes para conquistar o prémio pelo melhor espectáculo ao vivo nos prémios BRAT do New Musical Express, e em 1995, regressaram triunfantes a Glastonbury. Nesse mesmo ano, finalizaram uma remistura de Bedtime Stories de Madonna e doaram o tema Adnan ao projecto Help de um álbum para a organização benéfica War Child para ajudar os refugiados bósnios.

Se os seus álbuns anteriores deixavam entrever uma certa inclinação cinematográfica, o The Box de 1996 era uma banda sonora com tudo isso, composta por quatro movimentos distintos com vozes do compositor Grant Fulton e Alison Goldfrapp. O filme em questão era a exploração de Orbital das aventuras de ficção científica, filmada, ironicamente no ambiente muito terrestre de Milton Keynes.

A seguir, editaram o quarto álbum de estúdio de Orbital. Os ritmos encantadoramente densos dos seis temas que formam In Sides enfatizavam a aclamada adaptação do duo, passando do experimental ao acessível. Incluía temas como The Girl With the Sun in Her Head, gravado com energia solar como uma reafirmação das suas ideias ecológicas.

Tendo experimentado o uso de bandas sonoras de filmes em Snivilisation, decidiram adaptar o tema de O Santo para a nova versão cinematográfica do programa televisivo de culto dos anos 60. Apesar do seu protagonista ser o Val Kilmer, o filme não teve muito sucesso, nem com a crítica, nem comercialmente, mas o single conseguiu situar Orbital no número 3 britânico.

Também figuraram nos festivais Tribal Gathering e Phoenix no United Kingdom e na digressão Lollapalooza nos United States. Voltaram ao trabalho em Abril de 1999 com The Middle Of Nowhere, que marcou o regresso ao som mais dançável.

Em abril de 2004 a dupla inglesa de música eletrônica anunciou em seu site oficial que após o lançamento de seu disco, “Blue Album”, as atividades da banda se encerrariam.

www.loopz.co.uk

Editado por Bassword em Fev 2 2010, 3h27

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Formada em
  • 1987
Separou-se em
  • 2004
Membros da banda
  • Paul Hartnoll   (1987 - 2004)
  • Phillip Hartnoll   (1987 - 2004)
Site oficial

Você está vendo a versão 4. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.