Biografia

O Onslaught foi formado pelo guitarrista de Bristol, Inglaterra, Nige Rockett, e pelo baterista Steve Grice no começo dos anos 80 (1983). Os dois músicos estavam trabalhando para forjar um som ultra-agressivo que estava se tornando cada vez mais popular na época do começo do Slayer e do Metallica. Em 1985, se juntaram à dupla o baixista Jase Stallard e o vocalista Paul Mahoney. O quarteto rapidamente produziu material suficiente para um álbum e mais tarde naquele ano, a estréia “Power From Hell” foi gravada e lançada pelo selo britânico independente Cor. Um esforço substancial, se não inteiramente profissional, “Power From Hell” de 1985, junto com “Hell Awaits” do Slayer, estão entre as melhores ofertas de daquele ano, A seqüência de 1986 “The Force” foi uma proeza ainda mais forte lançada originalmente no ainda maior selo Under One Flag da Music For Nations. Numa estranha mudança de formação, Stallard trocou de tarefa instrumental tornando-se o segundo guitarrista do grupo, e o novo vocalista Sy Keeler substituiu Mahoney, que tomou a vaga do baixo deixada por Stallard. Uma gravação mais competente, “The Force” soava melhor que a estréia do grupo e manteve muito da impressionabilidade do estilo Slayer. O novo baixista James Hinder substituiu Mahoney que finalmente deixou o Onslaught. Como uma importante seqüência da banda começou a surgir, eles finalmente assinaram com o selo London Records da Polydor. Depois de recrutar o ex-vocalista do Grim Reaper, Steve Grimmett, e o guitarrista Rob Trotman (substituindo Stallard) para a banda, o primeiro esforço de selo grande do Onslaught, “In Search of Sanity”, foi lançado em Londres em 1989. Enquanto seus álbuns anteriores ostentavam uma postura afiada e quase death metal, “In Search Of Sanity” levou o som do grupo para um terreno de metal bem padrão. Apesar de ser uma gravação de qualidade superior, Grimmett adicionou pouca personalidade e as interessantes raízes sumiram substancialmente neste lançamento. Talvez devido à grande demora entre os lançamentos, e uma guinada curiosa para uma abordagem musical relativamente mainstream, “In Search Of Sanity” foi uma falha crítica e comercial para os veteranos do . Grimmett deixou o grupo em 1990 para formar o LIONSHEART e a banda foi deixada pela gravadora. Tony O’Hara aceitou o emprego de vocalista da banda, mas o Onslaught nunca mais gravou nada depois de “In Search Of Sanity” e eles finalmente debandaram em 1991. Com apenas três lançamentos em uma carreira de oito anos, e com várias mudanças de formação questionáveis, o Onslaught foi uma equipe interessante do começo do que perdeu o sentido. Quando comparado à singularidade musical e às filiações relativamente estáveis de seus contemporâneos de início de carreira, é fácil perceber porque o Onslaught nunca teve nada parecido com o impacto do Slayer ou do Metallica.

- Vincent Jeffries, All Music Guide

Nota: A banda se reuiniu novamente em 2006 e está atualmente em turnê suportando seu álbum “Killing Peace”, de 2007.

Editado por [usuário excluído] em Ago 13 2008, 13h04

Fontes (ver histórico)

All Music Guide - www.allmusic.com

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Não existe informação sobre este artista

Você está vendo a versão 5. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.

Mais informações

De outras fontes.

Links