O Midnight Juggernauts é uma banda livre de pretensões. Neste seu debut, mantiveram o pé no chão para criar os arranjos e conseguiram ter as referências bem delimitadas e coesas. Com isso, fizeram de Dystopia uma grande novidade na eletrônica em tempos recentes.

O grupo é da Australia, terra inusitada e bissexta em revelar nomes de peso no cenário pop internacional. Formados em 2004 pelo trio Vincent, Andy e Dan, lançaram dois EP’s, Midnight Juggernauts, de 2004, e Secrets Of The Universe – de 2005, onde já mostravam as principais idéias que marcariam sua estréia em álbum. As referências citadas vão de David Bowie a Human League. Mas podemos encontrar diversos elementos na produção, como Prince, psicodelia e electro-pop.

Além das ótimas músicas do disco, vale destacar o conceito visual-temático. Da belíssima capa reproduzindo uma aurora boreal às letras das músicas, tudo em Dystopia remete a viagens interplanetárias, outras galáxias, outras realidades. Por isso faz todo o sentido faixas como “Into The Galaxy” e “Shadows”, que já faziam sucesso antes do lançamento do primeiro álbum, e agora fazem parte de uma idéia maior. É como se os anos oitenta tivessem descoberto a psicodelia.

Editado por tarcisofb em Set 6 2007, 13h35

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Não existe informação sobre este artista

Você está vendo a versão 1. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.

Mais informações

De outras fontes.

Links
Gravadoras