Biografia

Lobão, nome artístico de João Luiz Woerdenbag Filho (Rio de Janeiro, 11 de outubro de 1957) é um cantor de e - e, como ele próprio prefere ser rotulado, é cantor de , além de tocar bateria, guitarra e violão clássico. É reconhecido por ser genioso e pouco discreto ao falar sobre os outros. Como bem lembrou Gabriel, O Pensador em sua canção Festa da Música Tupiniquim: “o Lobão até agora não falou mal de ninguém”.
Sua carreira é marcada por grandes parcerias como Cazuza e Júlio Barroso, mas, em contrapartida, tem inimizades pelos grandes atritos gerados ao expor sua opinião. É autor de Me Chama, uma das canções mais regravadas de todos os tempos.
Sua carreira começou aos dezessete anos, depois de sair de casa para se tornar músico profissional. Participou de uma peça teatral e em seguida formou uma banda: Vímana, da qual faziam parte Lulu Santos, Ritchie, Luis Paulo e Fernando Gama. Três anos depois, com o fim do grupo, Lobão seguiu sua carreira de baterista, tocando com Luiz Melodia, Walter Franco e Marina Lima. Fundou a banda Blitz com Evandro Mesquita, Fernanda Abreu e outros, mas por divergências ideológicas, saiu do grupo antes mesmo do sucesso comercial. Foi Lobão quem deu o nome à banda, às vésperas de um show, após uma indecisão do grupo. Deu certo.
Lobão começa sua carreira solo com o lançamento de Cena de Cinema, em 1982. Em seguida forma a banda “Lobão e os Ronaldos” (que tinha na sua formação a cantora e tecladista holandesa Alice Pink Pank, ex-Gang 90 e as Absurdettes), que lança Ronaldo Foi Pra Guerra. Apesar do estrondoso sucesso de “Me Chama”, a banda tem uma vida curta e Lobão segue carreira solo mantendo alta rotatividade na mídia, lançando o single Decadence Avec Elegance (1985) e o álbum O Rock Errou (1986), do qual “Revanche” se torna o carro-chefe. Logo após seu lançamento, Lobão é preso por porte de drogas, passando um ano na cadeia. Ali ele desenvolve o disco Vida Bandida, voltando aos holofotes. Depois de um flerte com o samba-rock (mal-sucedido) e participações nos festivais Hollywood Rock e Rock in Rio II (onde recebeu uma vaia histórica), Lobão passa um período fora da mídia.
Suas atitudes polêmicas voltariam a ter evidência em 1999 depois de seu rompimento com as gravadoras e o lançamento de A Vida é Doce num esquema inédito, com distribuição pela internet, bancas de jornais e lojas de departamento.
Após o sucesso da vendagem e de crítica com seus discos independentes “A Vida é Doce” (1999) e “2001: Uma Odisséia no Universo Paralelo” (2001), lançou a revista Outracoisa, através da qual lança bandas e músicos de maneira independente, tais como Cachorro Grande, B.Negão e Arnaldo Baptista. Seu último disco, lançado em 2005, o “Canções Dentro da Noite Escura”, foi também lançado pela revista com tiragem inicial de 20.000 exemplares.
A partir de 2005, Lobão se envereda pela televisão, onde apresenta o programa Saca Rolha, na PlayTV, junto com o multimedia Marcelo Tas e a modelo Mariana Weickert. Os três recebem todos os dias, de segunda à sexta, um convidado para juntos debaterem os grandes temas nacionais e internacionais.
Em abril de 2007 é lançado o álbum Acústico MTV, que, como o próprio Lobão carcterizou, foi uma seleção “parcial” de sucessos do músico, contando, inclusive, com a participação especial do grupo lançado pela revista Outracoisa, Cachorro Grande.

Discografia
* Cena de Cinema (1982)
* Ronaldo foi pra Guerra (1984)
* O Rock Errou (1986)
* Vida Bandida (1987)
* Cuidado! (1988)
* Sob o Sol de Parador (1989)
* Vivo (1990)
* O Inferno é Fogo (1991)
* Nostalgia da Modernidade (1995)
* Noite (1998)
* A Vida é Doce (1999)
* 2001: Uma Odisséia no Universo Paralelo (2001)
* Canções Dentro da Noite Escura (2005)
* Acústico MTV (2007)

Editado por lucas_paiva em Dez 18 2012, 4h27

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Formada em
  • 1982
Fundada em
  • Rio de Janeiro

Você está vendo a versão 5. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.