Biografia

Kelly Brianne Clarkson (Fort Worth, Texas, Estados Unidos - 24 de Abril de 1982) é uma cantora Pop, compositora e atriz ocasional. Assinou contrato com a RCA Records após vencer a primeira edição do American Idol, em 2002. Desde 2003 lançou 7 álbuns: Thankful, Breakaway, My December, All I Ever Wanted, Stronger, Greatest Hits - Chapter One e o atual album natalino, Wrapped in Red.
Nascida em Fort Worth, cresceu na pequena cidade de Burleson, Texas. É a terceira e mais nova filha de Jeanne Ann Rose, professora de 1º grau e descendente de grego e escocês, e Stephen Michael Clarkson, engenheiro formado de descendência Galês. Seus irmãos são Jason e Alyssa. Quando estava com 6 anos seus pais se separaram depois de um casamento de 17 anos; seu irmão foi viver com o pai na Califórnia, sua irmã com uma tia na Carolina do Norte e Kelly ficou com sua mãe. Depois da separação, se mudou muito pelo Texas enquanto sua mãe trabalhava em muitas coisas para manter a família. Desde quando começou a se mudar, com 6 anos, não entendia o porquê de estar se mudando tanto em tão pouco tempo. Finalmente, a família ficou em Burleson, Texas, onde sua mãe casou-se pela segunda vez com Jimmy Taylor.

Freqüentou a Fulton Middle School onde terminou os estudos até a 7ª série. Ela queria ser bióloga marinha, mas durante este mesmo ano escolar uma professora por acaso a ouviu cantando e a chamou para cantar no coral da escola. Disse à professora que nunca havia recebido aulas profissionais de canto antes. Depois da escola, freqüentou a Burleson High School e cantou em musicais como o Brigadoon e “Seven Brides For Seven Brothers”. Aos 13 anos, passou a usar óculos, apesar de odiar as armações do artefato. Muita gente zombava dela por causa dos óculos, e ela se segurava (mesmo que contra a própria vontade) para não esbofetar o próximo que lhe zombasse. No mesmo ano, teve problemas pulmonares e teve que tomar remédios pesados (anfetaminas) para recompor sua saúde. Dois anos depois, melhorou e continuou seus estudos normalmente. Depois de se formar, trabalhou em várias ocupações para financiar seu CD demo, como: garçonete de coquetéis, operadora de telemarketing, atendente de papelaria, lanterninha de cinema, vendedora de pipoca no zoológico, vendedora de Red Bull, entre outros. Ela mandou seu CD para varias gravadoras. Quando todas suas cartas voltaram ainda fechadas ela decidiu se mudar para Hollywood para tentar oportunidades maiores na música. Uma delas com o mentor Gerry Goffin. Mas, Gerry adoeceu. Ainda participou de programas como Sabrina e That ’80s Show e fez teste para o programa Pop Stars, no qual foi recusada por ter uma voz muito forte para o objetivo do programa que era formar um grupo musical, além de fazer uma participação no filme Issues 101. Passando-se 6 meses em Hollywood, ela se desencorajou, quando, no dia em que ela e uma amiga se mudaram para seu novo apartamento, que caiu num incêndio e, sem dinheiro, ela teve que voltar para o Texas. Na mesma noite em que ela chegou em casa, uma amiga pediu para Kelly assinar uma inscrição para um teste. Esta inscrição seria para o programa American Idol. Sem a menor idéia de onde estaria agora, foi. “Fui de bobeira, e olhe onde estou!”, diz ela.

American Idol
Quando retornou para Burleson, muitos de seus amigos a encorajaram para audicionar na primeira edição do programa American Idol, em 2002. Os juízes Paula Abdul, Simon Cowell e Randy Jackson se impressionaram com a sua voz. Ela conseguiu uma posição no top 30 e, a cada semana, cantava uma música ao vivo para o programa. Quando a semana se concluia, as performances da cantora eram muito comentadas pela sua capacidade vocal elevadíssima.

Pós American Idol
Felizmente, seu sonho de infância de ser bióloga marinha não se tornou realidade. Ao invés disso, seu nome se tornou famoso entre os lares quando sua voz soul capturou os corações e mentes de milhares de pessoas, quando ela foi eleita a American Idol em setembro de 2002. Se apresentou ao vivo toda semana (durante dez semanas) pontualmente para uma audiência de 25 milhões de telespectadores em um dos programas mais bem sucedidos da América de todos os tempos. Mesmo com o fato de que Kelly nunca teve uma aula profissional de canto, ela recebeu 57% dos votos na final. Em tempo, sua voz era para ela, algo muito normal e natural da sua vida, isso não a fazia pensar que tinha algo especial. A força e beleza de sua voz foi reconhecida por acidente.

Após o término da primeira temporada de American Idol, foi acusada de trabalhar para uma gravadora. As regras do programa haviam mencionado que um competidor não poderá mais competir se caso tivesse vínculo com uma gravadora. No entanto, foi absolvida de todas as acusações, pois ela só tinha um simples contrato de demonstração com uma gravadora. Logo depois de vencer o American Idol, estrelou com o segundo colocado do programa, Justin Guarini, o filme From Justin To Kelly. O filme foi mal recebido pela crítica e arrecadou menos de US$5 milhões na América do Norte, menos da metade do próprio orçamento do filme. Kelly mencionou em entrevistas que ela teve que atuar no filme por obrigação contratual.

Depois, ao lançar seu primeiro CD, emplacou vários hits nos Estados Unidos. Com um estilo Pop / R&B/ Soul, foi concretizado o sucesso que um vencedor do programa poderia fazer. Mas ela foi realmente consagrada em 2004, com seu segundo CD Breakaway, quando apostou em uma mudança radical no estilo, trazendo músicas de rock bastante radiofônicas. A mudança foi bem recebida fazendo com que a música Since U Been Gone se tornasse um dos maiores hits de 2005. O sucesso ocasionou uma impressionante vendagem, passando da marca dos 10 milhões de CDs vendidos, também na vitória dos mais importantes prêmios da música, como o VMA e o Grammy. Depois de vários hits do CD, decidiu intensificar o seu rock no seu terceiro trabalho em estúdio, My December, feito inteiramente com músicas de sua autoria, classificadas por ela mesmo como íntimas, com sentimentos pesados e amargos. O estilo forte assustou a gravadora, com medo da diminuição de vendagem pelas músicas não serem tão comerciais, houve uma polêmica discussão entre ela e a RCA. A cantora inicialmente venceu a batalha, gravando o CD como queria e não aceitando a proposta de substituir algumas músicas para outras mais atrativas comercialmente, porém houve um boicote ao CD, fazendo uma divulgação limitada e permitindo o lançamento de um só único single nos Estados Unidos. Seu álbum, All I Ever Wanted obteve grande êxito em sua nova fase conseguindo o primeiro lugar da música na Billboard Hot 100. Atualmente sua música Stronger do álbum de mesmo nome conseguiu alcançar #1 no HOT 100 da Billboard além de alcançar #1 em vários, já é o maior sucesso da cantora.

A Voz
É classificada como Spinto Soprano.

Notas mais altas
Em estúdio: Sober (F#5), Since U Been Gone (G5), Walk Away (G#5), I Hate Myself For Losing You. (G#5/A5).
Ao vivo: Home (C6 em voz de peito), F#6 (durante performance de (You Make Me Feel Like) A Natural Woman, no American Idol), C#7 (durante uma entrevista de rádio).

Mais baixas
Em estúdio: All I Ever Wanted (Eb3), I Hate Myself For Losing You (E3).
Ao vivo: Hino Nacional Norte-Americano (E3).
Nota mais longa: 11 segundos (na gravação de Before Your Love).
Alcance vocal: em estúdio: 2,5 oitavas; ao vivo: 4 oitavas.

Discografia
2003 - Thankful
2004 - Breakaway
2007 - My December
2009 - All I Ever Wanted
2011 - Stronger
2012 - Greatest Hits - Chapter One
2013 - Wrapped In Red

Editado por guicerq em Jan 17 2014, 16h33

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Formada em
  • 2003
Fundada em
  • Fort Worth, Texas, Estados Unidos

Você está vendo a versão 47. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.