Comparar

Diferenças entre versões 1 e 2

Version 1, Out 21 2012, 20h15 Version 2, Nov 26 2012, 20h44
Line 1: Line 1:
-As californianas e irmãs Danielle, Alana e Este, deram seu sobrenome, HAIM, como nome à banda (a pronúncia rima com “time”, de acordo com elas). Elas são novas, têm vinte e poucos anos, mas já estão trabalhando com Mike Chapman em seu debut (famoso produtor do Blondie) e já estiverem em turnê com Jenny Lewis e com o Julian Casablancas (atualmente estão com o Electric Guest andando por toda a Califórnia). Lançaram semana passada seu primeiro EP em fevereiro de 2012, Forever, de três canções apenas. +As californianas e irmãs Danielle, Alana e Este, deram seu sobrenome, HAIM, como nome à banda (a pronúncia rima com “time”, de acordo com elas). Elas são novas, têm vinte e poucos anos, mas já estão trabalhando com Mike Chapman em seu debut (famoso produtor do Blondie) e já estiverem em turnê com Jenny Lewis e com o Julian Casablancas (atualmente estão com o Electric Guest andando por toda a Califórnia). Lançaram seu primeiro EP em fevereiro de 2012, Forever, de três canções apenas.
Antes de começarem sua carreira como banda, as irmãs Haim tocavam na banda de covers dos seus pais, carinhosamente chamados de Mama e Papa Haim. Hoje, com um setlist composto por canções autorais, a banda ainda toca um cover de “Oh Well”, do Fleetwood Mac, mas no tributo à banda Just Tell Me That You Want Me, a ser lançado esse mês, elas são responsáveis por “Hold Me”. Antes de começarem sua carreira como banda, as irmãs Haim tocavam na banda de covers dos seus pais, carinhosamente chamados de Mama e Papa Haim. Hoje, com um setlist composto por canções autorais, a banda ainda toca um cover de “Oh Well”, do Fleetwood Mac, mas no tributo à banda Just Tell Me That You Want Me, a ser lançado esse mês, elas são responsáveis por “Hold Me”.
Espelhando um pouco a ousadia anos 90 das Destiny’s Child com um toque moderninho e cheio de percussão, o trio californiano está rapidamente se estabelecendo mídia a fora, nacional ou internacional, como um dos maiores nomes do ano – daqueles que certamente até seu amigo irá ouvir falar em breve, por bem ou por mal. Espelhando um pouco a ousadia anos 90 das Destiny’s Child com um toque moderninho e cheio de percussão, o trio californiano está rapidamente se estabelecendo mídia a fora, nacional ou internacional, como um dos maiores nomes do ano – daqueles que certamente até seu amigo irá ouvir falar em breve, por bem ou por mal.

Sources 1, Out 21 2012, 20h15 Sources 2, Nov 26 2012, 20h44

Versão atual (version 7, Jan 15 2014, 2h33)

HAIM é uma banda de indie rock, formada em Los Angeles, Califórnia. As irmãs Danielle, Alana e Este, deram seu sobrenome como nome à banda (a pronúncia rima com “time”, de acordo com elas). Elas cresceram em San Fernando Valley, ouvindo os clássicos do rock dos anos 1970, e músicas do gênero americano influenciadas por seus pais. Enquanto elas ainda estavam na escola, os pais formaram uma banda em família chamada Rockinhaim para tocar covers em feiras de caridade locais. À medida que cresciam, as meninas tornaram-se mais interessadas em incorporar pop e R&B às suas músicas. Em 2006, elas decidiram formar sua própria banda. Nos cinco anos seguintes, a banda Haim tocou em locais de interesse turístico, mas as coisas não foram adiante, pois as três irmãs estavam ocupadas com outros projetos. Tendo tocado como banda de apoio de artistas como Edward Sharpe e os Magnetic Zeros, The Henry Clay People e Ke$ha, o primeiro lançamento original de Haim foi um EP com três canções intitulada Forever que foi disponibilizado em 10 de fevereiro de 2012 como um download gratuito em seu site por um breve período. O EP recebeu muita atenção da imprensa musical e o público em geral, e na sequência de um show de sucesso no South by Southwest Festival, em março de 2012. Haim assinou um contrato com a Polydor Records no Reino Unido em junho de 2012. No mês de agosto abriu shows de Mumford & Sons em sua turnê Gentlemen of the Road.11 A banda fez sua turnê de estreia no Reino Unido em novembro de 2012, e em setembro de 2013 o debut auto-intutulado de "Days Are Gone", é lançado, e se encontrava em #6 na Billboard 200, e em #1 no UK Charts Albums. O álbum foi certificado de prata pela Indústria Fonográfica Britânica, denotando embarques de mais de 60.000 cópias no Reino Unido.