Biografia

Filho de uma professora de música e um médico, Dimitri Zinovich Tiomkin nasceu em Kremenchuk, na Ucrânia, no dia 10 de maio de 1894. Estudou música no Conservatório de São Petersburgo, onde sobressaiu-se como solista de piano e foi colega de turma de Sergei Prokofiev. Tiomkin estreou no mundo da sétima arte fazendo acompanhamento para filmes mudos russos e franceses nos cinemas de São Petersburgo, além de balés e performances cômicas, o que ajudou-o na formação de sua base para sua futura experiência nos Estados Unidos. Com as turbulências políticas vividas durante a Revolução Russa, Tiomkin decidiu deixar o país em 1921 a bordo de um cargueiro em direção a Berlim, onde seu pai já vivia com sua madrasta.

Ele viveu de 1921 a 1925 entre Berlim e Paris, trabalhando como pianista em concertos e escrevendo música clássica e popular, como marchas, valsas e foxtrots. Em 1925 Tiomkin e seu colega, o também pianista Michael Kariton, rumaram a Nova York para acompanhar a companhia de balé de Albertina Rasch, bailarina e coreógrafa austríaca, com quem Tiomkin casou-se dois anos depois.

Em 1929, o casal mudou-se para Hollywood, e depois de dois anos compondo e arranjando para os balés de Albertina, Tiomkin recebeu uma proposta da Universal para compor para seu primeiro filme, Ressurrection, e seu primeiro trabalho como compositor de trilha e canções para um filme de maior orçamento foi em Alice no País das Maravilhas (1933). Em 1937, Tiomkin conheceu o diretor Frank Capra, e logo em seu primeiro filme juntos, Horizonte Perdido, recebeu sua primeira indicação ao Oscar, ainda que na época a indicação fosse dada ao Departamento de Música do estúdio.

A parceria entre Capra e Tiomkin continuou com Do Mundo Nada se Leva, A Mulher faz o Homem (segunda indicação ao Oscar), Adorável Vagabundo e o mais-do-que-clássico A Felicidade não se Compra. Durante a Segunda Guerra Mundial, musicou a série de filmes motivacionais do Exército “Why we Fight” (todos dirigidos por Capra), e nessa época fez amizades que lhe seriam decisivas pelo resto da vida. Foi nessa época que conheceu o produtor Stanley Kramer, com quem trabalhou em O Invencível, Cyrano de Bergerac, Espíritos Indômitos e, principalmente, o clássico faroeste Matar ou Morrer (High Noon, 1952), que mudaria sua carreira para sempre.

Sua abordagem pouco ortodoxa para a época de compor uma canção com letra especialmente para o filme (Do Not Forsake Me, Oh My Darlin’), ainda mais sendo um western, criou uma febre por canções-tema, até então pouco valorizadas. A bela trilha, que pontua sublimemente a angústia do xerife Gary Cooper, e a citada canção renderam a Tiomkin seus primeiros dois Oscars. Depois desse filme, ainda recebeu indicações pelas canções temas dos filmes Sublime Tentação, A Fúria da Carne, Terra Bruta, O Álamo (a conhecida Green Leaves of Summer), A Cidade sem Compaixão e 55 Dias em Pequim.

Além de Capra, Tiomkin trabalhou com vários diretores renomados como Alfred Hitchcock (quatro filmes, entre eles Disque M para Matar e Pacto Sinisitro), Howard Hawks (uma parceria de 20 anos), Otto Preminger, John Houston, John Sturges, George Stevens, Fred Zinnemann, entre outros. Além de Matar ou Morrer, ainda recebeu Oscars por seus trabalhos para os filmes Um Fio de Esperança (The High and the Mighty, 1954) e O Velho e o Mar (The Old Man and the Sea, 1958).

Em 1967, depois da morte de sua esposa Albertina, seguido de um traumático assalto ao voltar de seu enterro, Tiomkin decidiu voltar para a Europa, onde mais tarde produziria o filme Tchaikovsky (1971), indicado ao Oscar de filme estrangeiro, e onde em 1972 se casaria novamente, com Olívia Cynthia Patch.

Assim como seus contemporâneos Korngold, Franz Waxman, Max Steiner e Miklós Rózsa, Tiomkin migrou da Europa para os EUA em busca de sucesso em Hollywood, porém foi o único russo a conseguí-lo. Dimitri Tiomkin faleceu em Londres, no dia 11 de novembro de 1979, aos 85 anos, em decorrência de uma mal curada fratura no quadril, porém seja nas telas ou em CDs, seu legado e seu espírito vivem através de suas trilhas inesquecíveis.

Filmografia

1937 Horizonte Perdido (Lost Horizon) (*)
1938 Do Mundo Nada se Leva (You Can’t Take It With You)
1939 A Mulher faz o Homem (Mr. Smith Goes to Washington) (*)
1941 Adorável Vagabundo (Meet John Doe)
1942 O Fantasma da Córsega (The Corsican Brothers) (*)
1943 Mentira (Shadow of a Doubt)
1944 Um gosto e seis vinténs (The Moon and Sixpence) (*)
1945 A Ponte de São Luís Rei (The Bridge of San Luis Rey) (*)
1947 Duelo ao Sol (Duel in the Sun)
1947 A Felicidade não se Compra (It’s a Wonderful Life)
1949 O Invencível (Champion) (*)
1950 Espíritos Indômitos (The Men)
1951 Cyrano De Bergerac
1951 Pacto Sinistro (Strangers on a Train)
1951 Ainda Acontecem Milagres (The Well)
1951 O Monstro do Ártico (The Thing)
1952 Matar ou Morrer (High Noon) (**)
1952 O Rio da Aventura (The Big Sky)
1953 O Tormento do Silêncio (I Confess)
1953 Vidas Inquietas (Angel Face)
1954 Disque M para Matar (Dial M for Murder)
1954 Um Fio de Esperança (The High and the Mighty) (**)
1956 Sublime Tentação (Friendly Persuasion) (*)
1956 Assim Caminha a Humanidade (Giant) (*)
1957 Sem Lei e Sem Alma (Gunfight at OK Corral)
1958 O Velho e o Mar (The Old Man and the Sea) (**)
1958 A Fúria da Carne (Wild is the Wind) (*)
1959 Rio Bravo (Rio Bravo)
1959 Terra Bruta (The Young Land) (*)
1960 O Alamo (The Alamo) (*)
1960 Peregrina de Esperança (The Sundowners)
1960 O Passado não Perdoa (The Unforgiven)
1961 Os Canhões de Navarone (The Guns of Navarone) (*)
1961 Cidade sem Compaixão (Town without Pity) (*)
1963 55 dias em Pequim (55 Days at Peking) (*)
1964 O Mundo do Circo (Circus World)
1964 A Queda do Império Romano (Fall of the Roman Empire) (*)
1971Tchaikovsky (*)

(*) Indicado ao Oscar
(**) Vencedor do Oscar

Editado por rainervinicius em Fev 7 2009, 11h52

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Não existe informação sobre este artista

Você está vendo a versão 2. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.