Biografia

Blue Man Group (Blue Man, BMG) é uma organização fundada pelo criativo Phil Stanton, Chris Wink, e Matt Goldman, que é centrada em um trio de artistas mudos, intérpretes ou executantes, chamado Blue Man, que apresentam-se em uma mascara de tinta azul de látex e roupas pretas. Blue Man Group incorpora uma música rock (com ênfase na percussão), estranhos adereços, iluminação, etc. Nota-se também por ter uma participação da plateia; em fileiras da frente, onde são fornecidos capas plásticas, a fim de protegê-los de vários géneros , as substâncias, tintas, e assim por diante, as quais são lançadas, projetadas, ou pulverizadas a partir do palco. O grupo mostra-se orientado, bem-humorado, enérgico e, muitas vezes, empregam pensamentos que provocam sátiras sobre a vida moderna

Início

Os amigos Chris Wink, Matt Goldman e Phil Stanton (colectivamente referidos como CMP) formaram Blue Man Group, em 1988. CMP trabalhou para a restauração Glorioso Foods, em Manhattan, Nova York. CMP Blue Man como os outros (Caryl Glaab) trabalharam em som, luz, palco, etc Eles começaram a aparecer nas ruas, realizando eventos incomuns como o funeral para os anos 80, em 1987, [1], e fazendo curtas bits como parte do cabaré do metro de Tom Murrin, The Alien Comic, em “The Club” no Teatro La Mama Experimental Club. Pouco depois o crítico Stephen Holden do The New York Times os chamou de delirante a mistura de música, pintura e palhaçadas.

Meryl Vladimer, o Director Artístico do clube, viu os seus trabalhos de Blue Man Group para criar um show completo. A popularidade continuou como uma bola de neve, CMP acabou ganhando um Obie Award e um Lucille Lortel Award, o que levou os produtores a sair da brodway para outros lugares. O espetáculo Tubos estreiou em 1991 no Teatro Astor Place. [2]

Blue Man Group ganhou uma menção especial no Village Voice Obie Awards 1990-1991 , e um prémio especial em 1992 a Lucille Lortel Awards, que são de excelência em teatro.

Musicas

Em 1999, o grupo lançou seu primeiro CD. Ainda que continha algumas das músicas de sua fase de produções. Em 2002, o grupo participou de Moby’s Area, q foi mais de uma performance teatral do que nos shows. Canções desenvolvidas durante esta turnê apareceram em 2003 no álbum The Complex.

Em 2004, o grupo lançou um DVD com seu trabalho chamado Score Reel 2004. Ela não está mais disponível.

The Complex caracterizou uma variedade de vocalistas convidados e inclusive Tracy Bonham, Dave Matthews, Gavin Rossdale e Venus Hum. O registro desovado sua própria turnê 2003, o primeiro headlined a Blue Man Group. A turnê que trouxe Tracy Bonham e Venus Hum O DVD surround incluído um mix de algumas das gravações do estúdio.

Blue Man Group lançou sua segunda turnê, o “How to Be a Megastar Tour 2.0”, em 26 de setembro de 2006. A turnê acrescentou alguns novos materiais a partir do material original Complex Rock Tour, e teve como Tracy Bonham o vocalista. DJ / VJ Mike Relm foi o ato de abertura da segunda parte desta tour, que terminou 22 de abril de 2007, em Wilkes-Barre, PA. Esta terceira parte da turnê começou em maio de 2007 e incluiu performances na cidade do México, Guadalajara e Monterrey, México, Buenos Aires, Argentina; São Paulo e Rio de Janeiro, Brasil, e Santiago, Chile. A quarta parte, usando “2.1” em seu título, inclui mais Reino Unido e Canadá. Na sequência disso, o Megastar World Tour irá visitar França, Coréia, Canadá, Alemanha, e alguns outros países europeus ao longo de 2008.

Também em 2006, o grupo fez um documentário chamado Inside of STF Tube. O grupo lançou um DVD e CD em conjunto em 1 de abril de 2008, How To Be A Megastar ao vivo, gravado em Dallas, Texas. Características especiais incluem o original “I Feel Love” em vídeo, um vídeo Fred Armisen que foi editado após as primeiras duas partes da turnê.

Temas

As apresentações tem temas familiares, humorísticos, energéticos e freqüentemente satirizam a vida moderna. Muito do humor quebra a quarta parede, como ao interromperem a apresentação para ridicularizar os que chegam atrasados, por exemplo.

Instrumentos

Os Blue Men são inusitados em todos os aspectos, mas uma de suas marcas registradas são os incríveis mas muito sonoros instrumentos. O mais original é o Drumbone, feito de cano PVC, e que causa um som quando é tocado por baquetas, e suas notas são mudadas ao levantar ou puxar a extensão do cano.

Outro instrumento muito diferente é uma vara (como uma vara de pescar) que, ao ser balançada, faz um som diferenciado como se fosse um mix, e seu som é ainda amplificado por microfones instalados na ponta da vara.

Eles também utilizam um piano, que é usado como instrumento de percussão. O piano fica em pé, com as cordas na vertical, e um integrante bate nas cordas com uma grande baqueta. O som é impressionante e pode ser observado na canção Baba O’Reiley.

Além desses, há outros que podem ser conferidos no DVD The complex.

Existem grupos de BMG nas cidades de Nova Iorque, Boston, Chicago, Las Vegas, Berlim, Londres, Amsterdam, Oberhausen e Orlando

Site oficial: www.blueman.com/

Editado por tcelestino em Mai 26 2009, 17h33

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Site oficial

Você está vendo a versão 3. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.

Mais informações

De outras fontes.

Links
Gravadoras