Arnold Shönberg foi o pai do dodecafonismo e, sem exageros, um dos grandes protagonistas, assim como Stravinsky e Bártok, da música contemporânea que se firmara no pós-guerra.
À títulos de estudos, costuma-se dividir sua obra em três grandes momentos: expressionista, dodecafônica e a fase norte-americana, em que, por ser de origem judaica, foi onde migrou durante a Segunda Guerra Mundial. Isso marcou profundamento sua obra, dando-a um tom mais acessível.

Editado por Snaphiroth em Fev 15 2011, 22h21

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Não existe informação sobre este artista

Você está vendo a versão 4. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.

Mais informações

De outras fontes.

Links
Gravadoras