Biografia

Existem (ao menos) 2 bandas chamadas Andromeda:

- Andromeda: Banda inglesa fundada no final dos nos 60
- Andromeda: Banda sueca do fundada no final dos anos 90

*****************************************************************************************************************

Dentro da linha de bandas obscuras e malditas, vale a pena conhecer este power-trio britânico que lançou este único disco homônimo em 1969, mesclando elementos do rock psicodélico, do progressivo e do hard rock na sua estrutura musical. Constituído em meados de 1967 e liderado pelo vocalista e guitarrista John Du Cann (Attack, Atomic Rooster e Hard Stuff), o Andromeda nessa época contava ainda com os préstimos do baixista Mick Hawksworth (Fuzzy Duck, Ten Years Later) e do baterista Jack Collins. Em 1969, Collins saiu da banda e as baquetas passaram a ser pilotadas por Ian McLane.

Du Cann já havia desenvolvido trabalhos na linha de frente dos não menos desconhecidos e ignorados grupos Attack e Five Day Week Straw People – projeto que gerou um disco conceitual composto por Du Cann, com tendências psycho-sarcásticas. Alíás, o Five Day era constituído pelo front line original do Andromeda, o trio Du Cann, Hawksworth e Collins. Foi aí que o embrião do Andromeda começou a tomar forma. O resultado é esta pequena e rara obra-prima.

Mesmo tendo o vinil, lembro que fiquei maluco quando saiu o CD duplo em 2000 contendo todas as músicas do disco original e mais uma porrada de versões alternativas, sobras de estúdio, singles e material ao vivo – inclusive takes raros, resgatados do programa BBC’s Top Gear do lendário DJ inglês John Peel. O CD 1 engloba o período 69/70 (época da gravação do álbum) e traz a presença de Ian McLane nas baquetas, com exceção de duas faixas. Já o CD 2 traz material raro com gravações de 67/68, tendo o batera original Jack Collins nos bumbos, menos em três faixas. No total, 34 músicas pra satisfazer qualquer bolha garimpeiro que parte em busca do bootleg perdido.

Capa linda, embalando um som da pesada. Ecos daquilo que o Deep Purple fazia na época são audíveis em “Too Old”, “Keep Out Cos I’m Dying” ou nas suítes ‘Turns to Dust”, “Return to Sanity” e “When to Stop” (o trecho “Journey’s End” é de um tremendo bom gosto). Uma quebradeira de batera, solos precisos de Du Cann e um acompanhamento feroz do baixo. Mas nem tudo descamba pra pancadaria… há espaço para sutilezas como “The Day of the Change” e “I Can Stop the Song”. Escute “Now the Sun Shines” e tente segurar as lágrimas. Como se não bastasse, ainda tem várias inéditas (destaque para “Ode To the Sea”, “Lonely Streets” , “The Lodger” e “Dreamland”).

*****************************************************************************************************************

Andromeda é uma banda de metal progressivo da Suécia formada em 1999. A banda atualmente tem contrato com as gravadoras Massacre Records, Replica Records e Avalon/Marquee.

Até 2007, eles possuem três álbuns gravados. Existem duas versões do primeiro álbum, Extension of the Wish. A gravação original traz seu primeiro vocalista, Lawrence Mackrory, a segunda versão tem a mesma gravação instrumental com o novo vocalista, David Fremberg.

Formação:

Johan Reinholdz – guitarra (membro de Nonexist, Opus Atlantica, Skyfire)
David Fremberg – vocal (membro de Bloom)
Thomas Lejon – bateria (membro de A.C.T., ex-Embraced, Ominous)
Martin Hedin – teclado
Fabian Gustavsson – baixo

http://pt.wikipedia.org/wiki/Andromeda_%28banda%29

Editado por deckvoint em Jul 8 2010, 12h55

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Não existe informação sobre este artista

Você está vendo a versão 8. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.