Biografia

Anathema é uma banda de Liverpool, Inglaterra, formada em 1990. Seu estilo originalmente era o . Entretanto, os trabalhos mais recentes da banda seguem principalmente o caminho do rock alternativo e rock progressivo. Uma de suas maiores influências é outra banda inglesa, o Pink Floyd.

A banda foi originalmente criada com o nome de Pagan Angel, e gravaram sua primeiro demo em novembro de 1990, intitulada “An Iliad Of Woes”. Um ano mais tarde, em 1991, é feita a troca de nome, para Anathema.

Sua primeiro demo chamou a atenção de algumas bandas do cenário do metal Inglês, chegando a tocar junto com bandas como Bolt Thrower e Paradise Lost.

Nos primeiros álbuns a banda fazia um doom metal com vocais guturais de death metal feitos pelo antigo vocalista Darren White. Com a saída de Darren, em 1995 o mais jovem dos irmãos Cavanagh, Vincent, o guitarrista, assume os vocais, a princípio mantendo os guturais e vocais rasgados, mas logo os abandonando e optando por fazer apenas vocais abertos (‘limpos’).

Nesse mesmo ano de 1995 lançam o álbum The Silent Enigma, o antecessor de Eternity, um dos albuns mais marcantes da banda inglesa. Desse álbum, que contou com a colaboração de Les Smith (ex-Cradle of Filth), saiu uma das melhores composições da banda, e que ainda hoje é tocada ao vivo – Angelica.

Em 1998 é lançado Alternative 4, que definitivamente afasta o grupo do universo mais pesado e gutural dos primeiros cds, o que contribuiu para a perda de alguns dos seus fãs iniciais, desiludidos com as sonoridades mais melódicas e de influência e cada vez mais floydiana.

No entanto, passado apenas um ano, é lançado aquele que é por muitos considerado o melhor album da banda e que conta com o regresso de John Douglas ao grupo, Judgement. Desse trabalho saíram algumas das obras primas do Anathema – Forgotten Hopes, Parisienne Moonlight e a pérola One Last Goodbye.

Seguindo um percurso cada vez mais intimista, mestres na exploração dos sentimentos e das emoções, a banda vai ganhado novos fãs, cada vez mais diferentes dos fãs iniciais da época de Serenades. Em 2001 é lançado A Fine Day to Exit, que não conseguiu equiparar o sucesso dos seus antecessores.

Passado um interregno de três anos, o Anathema lança um álbum que definitivamente os arranca da cena doom inicial – A Natural Disaster – que conta com uma participação da cada vez mais influente Lee Douglas, nos vocais femininos. Aclamado pela crítica, A Natural Disaster mostra as capacidades de composição dos irmãos Cavanagh e Douglas, mas coincide com o final da ligação da banda à sua gravadora.

Desde então, o grupo tem continuado o seu percurso musical sem gravadora, mas sempre com o apoio dos fãs, cada vez mais leais que foram desenvolvendo ao longo de suas turnês (especialmente na Europa e América do Sul). Em contrapartida e como reflexo desta íntima relação, a banda tem disponibilizado no seu site oficial alguns dos temas – Everything, A Simple Mistake e Angels Walk Among Us – músicas presentes no mais recente álbum da banda, We’re Here Because We’re Here, lançado em maio de 2010. Esse disco foi mixado por Steven Wilson, líder da renomada banda de rock progressivo Porcupine Tree.

Ville Valo da banda HIM gravou vocais para quinta faixa do disco, “Angels Walk Among Us”.

A resposta da crítica em relação ao álbum foi positiva no geral. Ele foi proclamado “Álbum Progressivo do Ano” pela revista Classic Rock, que o descreveu como “A volta impecável, uma afirmação de vida, um candidato de ouro para o álbum do ano”.

Editado por Heellish em Set 15 2011, 1h36

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Formada em
  • 1990
Fundada em
  • Liverpool, Inglaterra

Você está vendo a versão 10. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.